Diorama Movie Awards 2011 – Parte VII (FINAL)

Filme

“Para os cinéfilos, principalmente, A Origem é um deleite. O diretor enche seu filme de referências a Matrix, Cidadão Kane – há até um Rosebud para Cillian Murphy – e 007: A Serviço Secreto de Sua Majestade. Não há como ficar indiferente, por exemplo, ao final emocionante que começa na metade do filme (!). Pense rápido em outro longa voltado para o grande público que ofereça tal desafio. Por esses e outros motivos que você ainda vai descobrir, A Origem é a mais complexa, intrigante e duradoura experiência cinematográfica do ano.” (Otávio Almeida)

“A trama de A Origem é arriscada, mas o roteiro assinado pelo próprio diretor molda uma estória complexa de uma forma tão avassaladora que durante as mais de duas horas e meia de projeção só sentimos vontade de conhecer mais de sua ideia.” (Rafael Moreira)

“A impressão que se tem, em vários momentos, é a de que estamos assistindo a uma verdadeira sinfonia em tempo real. Com Nolan sendo o maestro que orquestra imagens e sons que se complementam e vão formando um verdadeiro castelo de informações e de elementos a serem processados. E é de jogos como esses, da vontade de instigar o espectador e de colocá-lo dentro da discussão que são feitos os grandes filmes. “A Origem”, com certeza, será um deles – se já não é um deles.” (Ana Kamila)

Outros indicados: Mary e Max, Onde Vivem Os Monstros, A Rede Social e Tropa de Elite 2

Em 2010: Bastardos Inglórios

 

Diorama Movie Awards 2011 – Balanço

 

A Origem: 9 indicações, 7 vitórias (Composição, Efeitos Visuais, Trilha Sonora Original, Montagem, Roteiro Original, Direção e Filme)

Alice no País das Maravilhas: 5 indicações, 3 vitórias (Figurino, Direção de Arte e Atriz Coadjuvante)

Vencer: 2 indicações, 2 vitórias (Filme em Língua Estrangeira e Atriz)

Atração Perigosa: 1 indicação, 1 vitória (Ator Coadjuvante)

Comer, Rezar, Amar: 2 indicações, 1 vitória (Canção Original)

Eu Matei Minha Mãe: 2 indicações, 1 vitória (Fotografia)

Guerra Ao Terror: 4 indicações, 1 vitória (Sonoplastia)

Lunar: 2 indicações, 1 vitória (Ator)

Mary e Max: 3 indicações, 1 vitória (Animação)

Megamente: 2 indicações, 1 vitória (Coletânea)

Minhas Mães e Meu Pai: 4 indicações, 1 vitória (Elenco)

A Rede Social: 5 indicações, 1 vitória (Roteiro Adaptado)

Tropa de Elite 2: 8 indicações, 1 vitória (Filme Nacional)

Zumbilândia: 2 indicações, 1 vitória (Maquiagem)

Onde Vivem Os Monstros: 8 indicações

Direito de Amar: 7 indicações

4 indicações: Harry Potter e As Relíquias da Morte: Parte I e O Segredo dos Seus Olhos

3 indicações: A Fita Branca, Preciosa e Scott Pilgrim Contra O Mundo

2 indicações: Amor Sem Escalas, Como Treinar Seu Dragão, Educação, Kick-Ass, O Pequeno Nicolau, Salt, Sei Que Vou Te Amar, Toy Story 3 e Tron – O Legado

1 indicação: À Prova de Morte, Brilho de Uma Paixão, As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada Eclipse, Entre Irmãos, Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos, As Melhores Coisas do MundoMother, Ponyo, O Profeta, 400 Contra 1, Tudo Pode Dar Certo, O Último Mestre do Ar e Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo

 

Indicados | Parte I | Parte II | Parte III | Parte IV | Parte V | Parte VI

Anúncios

Uma Imagem


Diorama Movie Awards 2011 – Parte VI

Atriz

Visceral. Eis aí um adjetivo perfeito para definir a performance de Giovanna Mezzogiorno em Vencer. Não conhecia o trabalho da atriz e fiquei perplexo com a forma com que ela se entregou ao papel. Uma personagem muito bem construída pelo roteiro merecia uma atuação impecável, que foi o que aconteceu. Foi uma entrega tão inteira que gerou uma das cenas mais emocionantes do cinema em 2010, aquela da sessão de Chaplin.

Outros indicados: Annette Bening (Minhas Mães e Meu Pai), Hye-ja Kim (Mother), Julianne Moore (Minhas Mães e Meu Pai) e Carey Mulligan (Educação)

Em 2010: Meryl Streep (Dúvida)

Ator

Numa performance tão subestimada quanto o filme, Sam Rockwell impressiona, mesmo sem nunca ter dado motivo para críticas negativas a seu respeito. Lunar é todo focado em seu personagem, deixando uma carga pesada nas costas do ator, que encarou muito bem. É o melhor momento da sua carreira e a melhor performance masculina do ano passado.

Outros indicados: Larry David (Tudo Pode Dar Certo), Colin Firth (Direito de Amar), Wagner Moura (Tropa de Elite 2) e Jeremy Renner (Guerra Ao Terror)

Em 2010: Sean Penn (Milk)

Direção

É pouco premiar Christopher Nolan “apenas” pelo roteiro de A Origem. Um dos diretores mais competentes da atualidade, ele é capaz de dar destaque aos aspectos técnicos tanto quanto ao roteiro. Ao mesmo tempo que quem assiste se encanta pela cidade se dobrando e toda a parnafenália visual do longa, vai se envolvendo com a estória criada por essa mente insana. Não é de hoje que seu trabalho consegue esse feito, mas aqui ele atinge seu ápice.

Outros indicados: Kathryn Bigelow (Guerra Ao Terror), Juan José Campanella (O Segredo dos Seus Olhos), Spike Jonze (Onde Vivem Os Monstros), José Padilha (Tropa de Elite 2)

Em 2010: Danny Boyle (Quem Quer Ser Um Milionário?)


Um Vídeo


Harry Potter e As Relíquias da Morte: Parte II, de David Yates

Dez anos após Chris Columbus assumir a direção dessa que dificilmente soava como uma franquia de sucesso como foi, estreia As Relíquias da Morte: Parte II, que veio para encerrar de vez a jornada de Harry Potter na sétima arte. Iniciando exatamente onde se encerrou a primeira parte, tal longa fecha com chave de ouro a franquia, fazendo jus a todo o prestígio que recebeu do público ao longo dessa década. É o primeiro, e obviamente último, longa de David Yates na saga que não possui o ritmo arrastado costumeiro. Ágil sem se atropelar, os acontecimentos finais da adaptação passam lindamente na tela. “Lindamente” também no sentido visual, graças à direção de fotografia excepcional de Eduardo Serra para esse filme, com destaque para a cena do flashback de Snape.

Algumas falhas existem sim nesse último filme, de fato. Um problema que acontece muito, especialmente em franquias cinematográficas e séries, é a supervalorização de personagens secundários que surgem exageradamente do nada para fazer a diferença. Isso acontece em alguns momentos do longa com a óbvia intenção de fazer os fãs gritarem feito loucos nas salas de cinema, embora isso seja abrir mão de um filme mais bem elaborado. Uma característica comum em filmes que guardam seus segredos para a última hora é que possuem momentos didáticos demais. A falta de um final “Lost” por medo de ser xingado eternamente no twitter também foi algo que assombrou Yates nesse último momento. [o próximo parágrafo contém spoilers]

Tudo isso e mais um pouquinho acabam se tornando menores quando vemos a imagem toda. A composição do mestre John Williams tocando enquanto Harry reencontra seus antigos amigos de escola o aguardando, Minerva colocando Snape para correr defendendo Harry de um possível ataque, Harry se encontrando com Dumbledore num cenário todo branco numa cena cheia de diálogos inspirados, as expressões estampadas em Ron e Hermione olhando Harry desacordado nos braços de Hagrid… São inúmeros momentos que fazem valer As Relíquias da Morte: Parte II. São inúmeros momentos que fazem valer esses dez anos de Harry Potter no cinema.


Os indicados ao Emmy 2011

Foi dada a largada para a 63ª Edição do Emmy Awards. Na manhã de hoje (14) Joshua Jackson (‘Fringe’) e Melissa McCarthy (‘Mike & Molly’), indicada a Melhor Atriz Cômica, anunciaram os indicados à premiação que acontecerá no dia 18 de setembro, tendo Jane Lynch (‘Glee’) como host.

As maiores surpresas foram as indicações da anunciante Melissa McCarthy e Martha Plimpton, em Melhor Atriz Cômica por ‘Mike & Molly’ e ‘Raising Hope’ respectivamente, Johnny Galecki, que disputa ao lado do seu colega de elenco Jim Parsons a categoria de Melhor Ator Cômico, por ‘The Big Bang Theory’, e ‘Parks and Recreation’ na categoria principal, esperada desde a edição passada. Com uma temporada um tanto morna, 30 Rock consegue mais uma indicação a Série Cômica, assim como ‘Glee’, que recentemente passou a ser exibida na TV aberta brasileira. A campeã de indicações entre as comédias é a atual vencedora e favorita ao prêmio também nesse ano ‘Modern Family’, com 18, sendo 4 apenas na categoria de ator coadjuvante e 3 em direção.

No segmento dramático, Friday Night Lights foi finalmente indicada na categoria principal por sua última temporada. A atual vencedora na categoria de Melhor Atriz, Kyra Sedgwick foi esquecida nesta edição, que indicou a oscarizada Kathy Bates por Harry’s Law. Uma grata surpresa foi a indicação de Peter Dinklage por ‘Game of Thrones’, série aclamadíssima pelo público, porém os demais membros do elenco da série, incluindo a aguardada Lena Headey, foram esquecidos. Na categoria principal a tricampeã invicta Mad Men deve disputar com as estréias da HBO, Boardwalk Empire e Game of Thrones, a estatueta esse ano. Quem lidera as indicações nesse segmento é novamente Mad Men, com 19, seguida de Boardwalk Empire, com 18. Confira os indicados nas principais categorias abaixo:

– DRAMA

Melhor Série
Boardwalk Empire
Dexter
Friday Night Lights
Game of Thrones
The Good Wife
Mad Men

Melhor Ator
Steve Buscemi, Boardwalk Empire
Kyle Chandler, Friday Night Lights
Michael C. Hall, Dexter
Jon Hamm, Mad Men
Hugh Laurie, House
Timothy Olyphant, Justified

Melhor Atriz
Kathy Bates, Harry’s Law
Connie Britton, Friday Night Lights
Mireille Enos, The Killing
Mariska Hargitay, SVU
Julianna Margulies, The Good Wife
Elisabeth Moss, Mad Men

Melhor Ator Coadjuvante
Peter Dinklage, Game of Thrones
Josh Charles, The Good Wife
Alan Cumming, The Good Wife
Walton Goggins, Justified
John Slattery, Mad Men
Andrew Braugher, Men of a Certain Age

Melhor Atriz Coadjuvante
Kelly Macdonald, Boardwalk Empire
Archie Panjabi, The Good Wife
Christine Baranski, The Good Wife
Margo Martindale, Justified
Michelle Forbes, The Killing
Christina Hendricks, Mad Men

Melhor Ator Convidado
Bruce Dern, Big Love
Beau Bridges, Brothers & Sisters
Michael J. Fox, The Good Wife
Paul McCrane, Harry’s Law
Jeremy Davies, Justified
Robert Morse, Mad Men

Melhor Atriz Convidada
Mary McDonnell, The Closer
Julia Stiles, Dexter
Loretta Devine, Grey’s Anatomy
Randee Heller, Man Men
Cara Buono, Mad Men
Joan Cusack, Shameless
Alfre Woodard, True Blood

– COMÉDIA

Melhor Série
The Big Bang Theory
Glee
Modern Family
The Office
Parks and Recreation
30 Rock

Melhor Ator
Alec Baldwin, 30 Rock
Louis C.K., Louie
Steve Carell, The Office
Johnny Galecki, The Big Bang Theory
Matt LeBlanc, Episodes
Jim Parsons, The Big Bang Theory

Melhor Atriz
Edie Falco, Nurse Jackie
Tina Fey, 30 Rock
Laura Linney, The Big C
Melissa McCarthy, Mike & Molly
Martha Plimpton, Raising Hope
Amy Poehler, Parks and Recreation

Melhor Ator Coadjuvante
Chris Colfer, Glee
Jesse Tyler Ferguson, Modern Family
Ed O’Neill, Modern Family
Eric Stonestreet, Modern Family
Ty Burrell, Modern Family
Jon Cryer, Two and a Half Men

Melhor Atriz Coadjuvante
Jane Lynch, Glee
Betty White, Hot In Cleveland
Julie Bowen, Modern Family
Sofia Vergara, Modern Family
Kristen Wiig, Saturday Night Live
Jane Krakowski, 30 Rock

Melhor Ator Convidado
Idris Elba, The Big C
Nathan Lane, Modern Family
Zach Galifianakis, Saturday Night Live
Justin Timberlake, Saturday Night Live
Matt Damon, 30 Rock
Will Arnett, 30 Rock

Melhor Atriz Convidada
Kristin Chenoweth, Glee
Dot-Marie Jones, Glee
Gwyneth Paltrow, Glee
Cloris Leachman, Raising Hope
Tina Fey, Saturday Night Live
Elizabeth Banks, 30 Rock


Uma Imagem