Uma Imagem

*mais uma da série “Blogueiro Sem Tempo”.


As Séries em Agosto/10

A falta de tempo é um problema que atinge 9 a cada 10 blogueiros e isso já não é novidade. Por esse motivo, a lista desse mês não virá precedida de comentários, mas já deixo claro que não foi um bom mês para as séries. Inclusive, os três últimos lugares não são bons episódios, mas estão aí pela falta de algo melhor. Até Mad Men não está indo tão bem, mas ainda apresentou um excelente episódio, que figura o segundo lugar do ranking. The Closer é a melhor série do momento e The Big C já é a melhor estreia da temporada até agora. Dito isso, vamos à lista:

  1. The Closer – 6×05 – Heart Attack

  2. Mad Men – 4×04 – The Rejected

  3. True Blood – 3×09 – Everything Is Broken

  4. Louie – 1×11 – God

  5. The Big C – 1×02 – Summer Time

  6. Hung – 2×07 – The Middle East Is Complicated

  7. Weeds – 6×03 – A Yippity Sippity

  8. Entourage – 7×05 – Bottoms Up

  9. Futurama – 6×09 – A Clockwork Origin

  10. Rubicon – 1×02 – First Day of School

Uma Imagem

fonte: Série Maníacos


Uma Imagem


Nosso Lar, de Wagner de Assis

Adaptado da obra psicografada de Chico Xavier por Wagner de Assis (‘A Cartomante’), que também assina a direção, ‘Nosso Lar’ mostra a vida após a morte de André Luiz, um médico cético que após falecer passa a morar na colônia Nosso Lar, uma espécie de aldeia superdesenvolvida no mundo espiritual. Protagonizado por Renato Pietro, com Othon Bastos, Ana Rosa, Paulo Goulart, Werner Schünemann, Fernando Alves Pinto e Rosane Mulholland no elenco coadjuvante.

O objetivo claro do longa é mostrar como funciona a sociedade no mundo espiritual e a forma excessivamente didática com que Wagner de Assis tratou isso foi o que mais prejudicou o resultado final, ainda que cada passagem desperte o interesse do público. Chega até a ser engraçado o quanto a burocracia lá tem em comum com a daqui. São ministérios de todos os tipos, filas de espera e até planejamento para reencarnação que demora anos.

O elenco é outro ponto negativo. Algumas participações de fato são dignas, mas no geral os atores e atrizes que o compõem deixam a desejar, em especial o apático Fernando Alves Pinto e a exagerada Rosanne Mulholland. Inclusive, Renato Pietro toma uma postura apenas decente do protagonista e perde uma boa oportunidade de arrancar elogios por um personagem que poderia ter rendido bem mais.

O que se destaca mesmo em ‘Nosso Lar’ é a parte técnica, acima do nível comum em produções brasileiras. Uma fotografia belíssima aliada a um bom trabalho de efeitos visuais que também colabora com a cenografia impecável já faz do longa o melhor filme brasileiro em aspectos técnicos lançado em 2010. A trilha sonora magnífica de Philip Glass faz milagres e é outro ponto a ser elogiado, com composições belíssimas.

Apesar de alguns pontos fracos, o filme merece a recomendação e fará espíritas e não-espíritas ficarem interessados naquilo que está sendo mostrado, ainda mais com um visual tão convincente, atraente e encantador.


Umas Imagens


Uma Imagem

(via @Hobitss)