Kick-Ass – Quebrando Tudo, de Matthew Vaughn

‘Kick-Ass – Quebrando Tudo’ pode facilmente ser incluído entre os filmes mais violentos e politicamente incorretos da história, além de ser um dos melhores longas de heróis já produzidos. Matthew Vaughn surpreende bastante na direção, onde ao mesmo tempo em que exagera para dar o tom de sátira, se preocupa em não fazer de ‘Kick-Ass – Quebrando Tudo’ um ‘Super-Herói – O Filme’ da vida. É interessante observar até mesmo o uso adequado dos efeitos especiais, cruciais em cenas mais exageradas.

O principal responsável pelo título de politicamente incorreto do longa é o roteiro de Jane Goldman, baseado nas HQs de Mark Millar, afinal, não é todo roteiro que traz uma menina de cerca de 12 anos falando coisas obscenas e cometendo chacinas. Chloe Moretz é Hit Girl, uma heroína mirim que faz coisas inimagináveis em cada cena. A atriz de treze anos é uma revelação, como há muito não se via. Não há como não se encantar por ela, mesmo com sua personagem manuseando um canivete de maneira assustadoramente natural.

O protagonista – o britânico Aaron Johnson, bastante elogiado ao interpretar John Lennon em ‘Nowhere Boy’ – trabalha muito bem tanto em cenas cômicas, como nas mais dramáticas. Os antagonistas Christopher Mintz-Plasse e Mark Strong também estão ótimos, achando a forma caricata mais adequada para seus personagens. E, por incrível que pareça, até o Nicolas Cage se sai bem. O veterano há tempos não entregava uma performance acima da média e, apesar de não estar magnífico, convence bastante como o Big Daddy. Só em vê-lo atuando bem já vale muito.

Anúncios

3 Comentários on “Kick-Ass – Quebrando Tudo, de Matthew Vaughn”

  1. Vinícius P. disse:

    Opiniões extremas a respeito desse filme, o que certamente me deixa muito mais curioso para conferi-lo. E o pessoal falou que o Nic Cage tá bem mesmo… quem diria!

  2. Eu realmente estou muito impressionado como um filme desses tá com ótima repercussão. Nem levava em conta que poderia ser esse sucesso todo, tanto que nem iria ver no cinema. Mas da forma que está sendo recebido, devo ver.

  3. Matheus Rufino disse:

    Esse filme é daquele tipo que tu olha a primeira vista e não dá nada, depois observar melhor e já começa a achar interessante, já tava curioso pra vê-lo, mas sua review foi a primeira que li, e só te começado do jeito que começou já aumentou minha curiosidade a níveis estratosféricos, hahaha. Não sabia que o Nicolas Cage participava, mas além dessa menininha que achei super interessante pela sua descrição, o que mais me interessa mesmo é o protagonista, hehe.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s